saudicas-logo-350

Como se alimentar bem gastando pouco?

Como se alimentar bem gastando pouco?

Há uma ideia falsa de que se alimentar bem custa caro e essa é a desculpa para que muitas pessoas mantenham hábitos alimentares ruins.

Talvez você seja uma das pessoas que justifica a má alimentação apontando para as suas condições financeiras, dizendo que não consegue pagar por alimentos saudáveis.

Nós sabemos que isso não é verdade e por isso vamos te ensinar como se alimentar bem gastando pouco. Se você não sabia que isso é possível, vai poder entender melhor como fazer escolhas saudáveis sem precisar de muito dinheiro.

Consequências da má alimentação

Antes de mostrar como você pode economizar e comprar comida saudável ao mesmo tempo, nós vamos te mostrar o quão prejudicial é manter uma alimentação de má qualidade.

Se você não sabia, se alimentar com produtos ricos em gorduras, com muito açúcar e baixos nutrientes pode gerar uma série de doenças.

Entre elas problemas gastrointestinais, diabetes, hipertensão, osteoporose, obesidade e até mesmo o câncer.

Muitas pessoas já possuem predisposição para desenvolver este e outros tipos de problemas de saúde, levando uma rotina sem exercícios físicos e alimentação errada só estará potencializando o aparecimento das doenças.

Mas se você começar agora mesmo a mudar esses hábitos, as chances de se recuperar ou prevenir esses problemas são muito maiores.

Como comer bem e pagar pouco

As gôndolas dos supermercados com produtos orgânicos, integrais, sem glúten e sem lactose nos passam a ideia errada de que é preciso ter muito dinheiro para ser saudável.

Mas isso é uma questão de marketing que deixa as empresas cada vez mais ricas, sem que realmente entreguem produtos saudáveis aos seus clientes.

Se você quer mesmo saber como se alimentar bem gastando pouco, anote as dicas que daremos a seguir.

1- Gaste mais na feira livre

O Brasil tem essa cultura de feira livre que oferece economia significativa para quem quer comer bem e gastar pouco.

As feiras oferecem acesso a verduras, legumes e frutas a preços baixos, custando menos do que no supermercado do seu bairro.

2- Compre em lojas de produtos naturais

Além das feiras, outra forma de comer bem e pagar barato é optando pelas lojas de produtos naturais.

Farinhas, chás, oleaginosas, derivados de leite, grãos, aveia, entre outros produtos são vendidos a granel com preços baixos.

3- Evite produtos prontos

Congelados, ainda que tenham rótulos de comida saudável, nem sempre são as melhores escolhas.

Para se alimentar bem, pense sempre na máxima: desembalar menos e descascar mais!

4- Tenha sempre uma lista de compras

Se você parar para pensar, as coisas mais caras da sua dispensa foram compradas por impulso.

Para evitar que isto volte a acontecer, leve uma lista com tudo que seja realmente essencial para a sua alimentação.

5- Procure por ofertas

Há mercados que oferecem dias de ofertas para um grupo de alimentos. Conheça a rede de supermercados da sua cidade para acompanhar essas novidades e assim economizar ainda mais.

E não é preciso gastar muito para comprar esses produtos. Até mesmo com o benefício extraordinário Auxílio Brasil é possível pagar por estes produtos.

Mantenha o foco

Para se alimentar bem é preciso estar decidido a manter uma rotina. E não estamos falando de dieta, mas sim de mudanças de hábitos que irão modificar o seu corpo, mas também a sua saúde mental e física.

Será necessário muito esforço para encontrar a feira mais próxima e aprender a escolher produtos dentro da estação que são os mais baratos.

Criatividade para montar cardápios ricos em nutrientes também será uma parte importante neste processo. Mas a internet poderá te ajudar com as receitas e sempre é possível contar com profissionais nutricionistas para te auxiliarem nesta mudança de vida.

Gostou? Compartilhe