Dê uma nova olhada em seu estilo de vida.

Botox: principais dúvidas sobre toxina botulínica

Não é de hoje que a Toxina Botulínica (popularmente conhecida como Botox) tem despertado a atenção de homens e mulheres ansiando pelo fim das rugas e marcas de expressão. As técnicas de aplicação e tratamento vêm se desenvolvendo e cada vez mais é possível obter os resultados esperados sem comprometer a naturalidade e harmonia da face.

Porém, apesar de ser muito conhecida, existe uma série de questões que a cercam, gerando confusão nas pessoas que desejam realizar o tratamento. Pensando nisso, a Dra. Ana Carulina Moreno, dermatologista no Rio de Janeiro e especialista no assunto, separou alguns tópicos que costumam fazer parte das principais dúvidas sobre esse procedimento.

Existe idade mínima para aplicar Botox?

Não existe uma idade mínima para o início do tratamento de rugas, o que existe é indicação e isso independe da idade. Apesar de muitas pessoas acharem que a Toxina Botulínica só é aplicada em pessoas mais velhas, com o rosto cheio de rugas, segundo a dermatologista, o procedimento é indicado principalmente para as pessoas muito expressivas, a fim de prevenir a formação dessas rugas no futuro. “Essa é a melhor indicação do Botox. Quanto mais cedo as rugas do movimento são tratadas, menor será a necessidade de tratamentos mais agressivos no futuro”, afirma a especialista.

Qual a duração do Botox?

Muitas pessoas antes da aplicação da toxina gostam de receber uma perspectiva a respeito da duração do resultado obtido. A primeira coisa a observar é a qualidade do produto utilizado. “Existem diversas marcas no mercado de toxina botulínica e é muito importante estar atento se o produto injetado é liberado pela Anvisa e se apresenta estudos científicos comprovando sua eficácia”, alerta a dermatologista. Além disso, é importante entender que o tempo do efeito varia de pessoa para pessoa, da área utilizada e da dose aplicada. A Dra. Ana Carulina Moreno afirma que “a dose utilizada na aplicação, a técnica adequada e a qualidade do produto são os fatores que mais se relacionam com a durabilidade do procedimento; porém, mesmo assim, em algumas pessoas a duração pode ser menor”. Apesar da conhecida regra dos 4 a 6 meses de duração, “esse tempo pode diminuir principalmente em atletas ou em pessoas com alta exposição solar”, explica a especialista.

Quais são os cuidados após a aplicação da toxina botulínica?

Para ter o melhor resultado em um procedimento estético é muito importante que haja cuidados antes e depois da realização. No caso da Toxina Botulínica (Botox), a Dra. recomenda alguns cuidados após o procedimento, a fim de evitar complicações, como: não realizar exercícios físicos mais intensos pelo menos pelas primeiras 24 horas, evitar massagear, pressionar ou tocar muito nas áreas onde foi a aplicação.

Os efeitos do Botox são imediatos?

Não. Os primeiros efeitos poderão ser observados entre 48 e 72 horas após o procedimento e que alguns sintomas, principalmente a sensação de peso no local de aplicação, podem aparecer. A dor na área tratada é rara, mas pode acontecer. Nesses casos, a Dra. Ana Carulina recomenda entrar em contato com o médico que aplicou, para descartar outras complicações como infecção.

A Toxina Botulínica pode ser usada para dar volume à face?

Não. A toxina relaxa a musculatura onde é injetada, amenizando as rugas de expressão, explica a especialista. O procedimento estético indicado para aumento de volume na face é o preenchimento facial com ácido hialurônico que, além do volume, também pode ser utilizado para a redefinição de contorno da face e sustentação óssea. Os locais onde geralmente são utilizados os preenchedores são: malar, mandíbula, bigode chinês, queixo, olheiras, nariz e lábios.

Paralisia do músculo é igual a paciente sem expressão?

Isto pode ocorrer, dependendo da forma de aplicação do produto. A técnica de aplicação e estudo da face inadequados, podem dar uma aparência artificial.

Por isso, torna-se tão importante procurar um dermatologista de confiança para a realização do procedimento. É fundamental que antes da aplicação haja também uma consulta, para que os objetivos do paciente sejam avaliados pelo médico, a fim de informá-lo se tais desejos são possíveis ou não, bem como sanar todas as dúvidas existentes. Segundo a Dermatologista, “uma face sem expressão significa um procedimento malfeito”.

Botox na amamentação pode?

Por conta da limitação da amamentação e da gravidez, poucos estudos são realizados em gestantes ou lactantes. Porém, alguns estudos recentes mostram que a toxina botulínica não passa na amamentação, e provavelmente seria seguro sua aplicação nessa fase. Na prática, a Dra. explica que essa decisão é tomada em conjunto com a paciente, a Dermatologista e a Pediatra, pensando sempre na segurança do bebê.

Além de tratar as rugas, quais as outras indicações de toxina botulínica?

A indicação mais conhecida do Botox é o tratamento de rugas de expressão. Mas, segundo a especialista, o Botox também pode ser usado para fins não estéticos como, tratamentos de enxaqueca, bruxismo e hiperidrose ou sudorese excessiva.

Leia também: A Especialização Em Cirurgia Robótica Está Ajudando A Mudar A Medicina